Drop Down MenusCSS Drop Down MenuPure CSS Dropdown Menu

Knockhill!, o preludio do caos!



Falar de Knockhill ao apenas ver o mapa parecer ser fácil, mas ao conhecer o traçado em si, os pilotos viram que não era bem assim!
 Com um Grid de 18 carros o maior da temporada, Ernesto Brock (HVM Racing) que voltava a categoria fez a pole position, seguido de Kleber Stippi (BenKleR Racers) e Neto Silva (BSP Racing)





Na Bateria 1, Ernesto Brock largou bem, e abriu vantagem na ponta, enquanto Kleber Stippi acabou se acidentando e tendo de fazer uma corrida de recuperação. Neto Silva conseguiu finalizar na 2ª posição com Edgar Horst Jr em 3º, Emerson Czerkawsky (HVM Racing) até então vice líder do campeonato capotou na primeira parte da corrida e foi apenas o 11º.









Na segunda bateria a inversão dos 8 primeiros deixou a coisa bem mais pegada, Felipe Lima (RW Team) não largou por problemas, Cyro Santana (RW Team) que era para largar em primeiro acabou perdendo a chance de sair, e saiu dos boxes antes da hora o que acabou lhe gerando um DQ da prova, com isso 16 carros estiveram na segunda bateria.
Após alguns acidentes Ernesto Brock voltou a ponta, seguido de Emerson Czerkawsky, porém o piloto gaúcho errou na chicane e com isso Emerson Czerkawsky assumiu a ponta da prova, seguido de Edgar Horst Jr que até tentou brigar pela vitoria, mas acabou errando, Kilder Colvalan (SS Motorsports) vinha em um forte embate com Kleber Stippi até o final pelo segundo lugar e assim se mantiveram ao cruzar da linha de chegada.




Mesmo com a primeira bateria problemática, Kleber Stippi se mantém lider do campeonato, seguido de Emerson Czerkawsky e Neto Silva que estão empatados na vice liderança



Já no campeonato de equipes, a HVM Racing lidera a competição, seguida pela BenKleR Racers e a Atlantic Motorsports de Portugal.


A Proxima etapa ocorrerá em Donington Park no traçado nacional.

VT da Etapa de KnockHill



Nenhum comentário:

Postar um comentário